Honda C-100
Dream
   
Honda CBX 250
Twister
     
 Motos Raras
& Clássicas
Sundown Hunter 90 Sundown STX
Motard
Yamaha Ténéré 250
     Mapa do site

Bookmark and Share

English

Yamaha 250 cc, 1971 (YDS7)

Em 1973, já residindo em Brasília - D.F., e cursando Economia na UnB, resolvi comprar uma Yamaha 250 cc, ano 1971 (modelo YDS7).  Esta moto não foi bem cuidada quando nova, e eu a comprei com um problema não aparente: o cabeçote estava rachado. Numa de minhas viagens de fim de semana de Brasília para Goiânia, houve entrada excessiva de ar pela rachadura que se alargou face ao motor quente, e o pistão da moto furou.  Demorei horas para fazer o resto do percurso com um dos pistões furados.

Perspectiva histórica:

Moto Matchless 250 cc (inglesa) preparada por seu André (Andrea Martelli - na foto agachado e de costas), vencedora de uma corrida em Interlagos -SP. Ano de 1952. O piloto (também de costas na foto) era o seu amigo e sócio Erwino Boettcher (o Paulistinha). Esta foi um corrida internacional, e contou com a participação de vários pilotos europeus.

Moto Matchless 250 cc (inglesa) preparada por seu André (Andrea Martelli - na foto agachado e de costas), vencedora de uma corrida em Interlagos -SP. Ano de 1952. O piloto (também de costas na foto) era o seu amigo e sócio Erwino Boettcher (o Paulistinha). Esta foi um corrida internacional, e contou com a participação de vários pilotos europeus.

Seu André (primeiro em pé à esquerda) entre pilotos e mecânicos (italianos, franceses e alemães) com os quais concorreu e venceu, no mesmo evento da foto anterior.

Seu André (primeiro em pé à esquerda) entre pilotos e mecânicos (italianos, franceses e alemães) com os quais competiu e venceu, no mesmo evento da foto anterior.

Meu destino não foi outro: direto para a MIL (Revenda Yamaha) em Goiânia, lá o Paulistinha deu o "veredicto" - só uma retífica com troca de pistões e cabeçote resolveria o caso.   As peças seriam pedidas diretamente à fábrica no Japão, já que não existiam em estoque.  Por uma tremenda falta de sorte, o navio que trazia as peças e uma partida de motos pegou fogo no Porto de Santos, como resultado a moto ficou uns três meses parada na oficina, até que o Sr. André e o Arildo fizessem o serviço de retífica completo.

Perspectiva histórica:

Erwino Boettcher (atrás do balcão à esquerda) atendendo clientes na Mecânica Importadora Limitada (MIL) em Goiânia - GO na década de 60. As motos que aparecem na foto são modelos europeus da época (Jawa, BMW e Mondial).

Erwino Boettcher (atrás do balcão à esquerda) atendendo clientes na Mecânica Importadora Limitada (MIL) em Goiânia - GO na década de 60. As motos que aparecem na foto são modelos europeus da época (Jawa, BMW e Mondial).

Seu André trabalhando em um motor, oficina da MIL na década de 60. Aparecendo parcialmente atrás do motor nosso querido Paulistinha, sócio, compadre e amigo de seu André.

Seu André trabalhando em um motor, oficina da MIL na década de 60. Aparecendo parcialmente atrás do motor nosso querido Paulistinha, sócio, compadre e amigo de seu André.

Nesta moto fiz inúmeras viagens de Goiânia a Brasília, era uma moto de bom desempenho principalmente após a retífica onde foram usados os pistões e os cabeçotes da RD 250 recém lançada naquela ocasião.

aautorule.gif (377 bytes)

Obs.: Infelizmente não tenho foto desta moto. Já pesquisei em toda a Internet, inclusive com colecionadores de Yamahas antigas nos EUA, com distribuidores de manuais antigos (na Nova Zelândia, Inglaterra e EUA), e mesmo no site da Yamaha Japão. A fábrica japonesa nos respondeu, dizendo que estão fazendo um esforço coletivo para fazerem um pool de imagens digitalizadas de todos os modelos fabricados até hoje. Estaremos aguardando retorno deste e de outros contatos que temos feito no sentido de conseguirmos uma imagem desta Yamaha YDS7 - ano 1971. A minha moto era na cor dourada com gotas brancas no tanque (pintura original daquele modelo). Você que está lendo esta informação pode colaborar conosco, caso saiba de alguém que possua uma foto deste modelo de moto.

"With a little help from my friends":

Yamaha YDS7, ano de fabricação 1972.

Yamaha YDS7, ano de fabricação 1972.

Esta foto nos foi enviada por Robinson Matos de Belo Horizonte - MG, em 04/04/2001. A minha moto era praticamente idêntica a esta, exceção feita à cor da "gota" no tanque de gasolina; a qual era branca na minha moto, conforme a foto abaixo.

Visão lateral - lado esquerdo - da Yamaha YDS7, 1971.

  Visão lateral - lado esquerdo - da Yamaha YDS7, 1971.

Alternativamente acesse o link a seguir e veja varias fotos deste modelo de moto:  http://perso.wanadoo.fr/motocollection/photos_yds7.html#

Yamaha YDS7 1971: a minha moto era idêntica a esta.

Yamaha YDS7 1971: a minha moto era idêntica a esta.

Finalmente, mas não menos importante, eu recomendaria o link: http://www.classicyams.com/para os amantes de Yamaha.

Outro link que merece destaque diz respeito ao teste dessa moto realizado pela revista inglesa Motorcyclist Illustrated 1971: http://motorbike-search-engine.co.uk/classic_bikes/yamaha-yds7-road-review.php 

Durante o Megacycle, em São Lourenço - MG, no dia 21/11/2009 eu tive a grata surpresa de encontrar uma Yamaha YDS7, 1971, idêntica à que tive em 1973 / 1974.  Haviam passados 36 anos desde que vendi a minha YDS7; durante este tempo todo eu nunca mais havia visto uma moto destas. O feliz proprietário (Waldir) adquiriu esta moto recentemente, e a mesma está em excelente estado de conservação e originalidade.  Ele pretende restaurá-la completamente, e deixá-la impecável.

Eu o encorajei neste sentido.  Para mim este "encontro imediato do terceiro grau" foi marcante e me encheu de alegria, como vocês podem ver nesta foto a seguir.

Um feliz encontro: eu, Waldir e sua Yamaha YDS7, 1971. São Lourenço - MG, durante o Megacycle 2009 (21 de Novembro de 2009).