Honda C-100
Dream
   
Honda CBX 250
Twister
     
 Motos Raras
& Clássicas
Sundown Hunter 90 Sundown STX
Motard
Yamaha Ténéré 250
     Mapa do site

Bookmark and Share

English             Próximas páginas sobre a Sundown STX Motard:  13   14   15 

Sundown STX Motard: Passeios e Viagens em 2014

As minhas atividades motociclísticas em grupo começaram no dia 12 de Janeiro de 2014, ocasião em que fizemos um pequeno passeio na região dos municípios goianos de Brazabrantes, Nova Veneza e Nerópolis.  Aproveitamos bastante este passeio curtindo a paisagem goiana num típico dia quente de Janeiro.

Esta foi uma ótima oportunidade para iniciarmos "oficialmente" os nossos passeios em grupo, além disso pretendemos fazer ótimas viagens no decorrer do ano de 2014.  Em Maio de 2014 completarei meus 44 Anos de Motociclismo.

Ao clicar em cada foto, você a verá em tamanho maior numa outra janela.  Todas as fotos tem legenda.

Theresa e eu na praça central em Nova Veneza - GO.

Theresa e eu na Praça central em Nova Veneza - GO.

Abaixo estão mais algumas fotos do nosso passeio:

Eu e o amigo Renato abastecendo nossas motos no PostoBR do setor Jaó, em Goiânia - GO.

A nossa turma reunida na praça central de Nova Veneza - GO.

Eu e o amigo Renato (Rota Zen) abastecendo sua Honda CB 450DX no PostoBR do setor Jaó, em Goiânia - GO.                             Parte de nossa turma reunida na praça central de Nova Veneza - GO.
Sundown STX Motard 200cc e Honda CB 450 DX

Desta forma vamos consolidadando o status adquirido com a nossa Sundown STX Motard, como a moto de origem chinesa que mais circulou por este Brasil afora.


No dia 26 de Janeiro de 2014 fizemos um passeio à cachoeira do Maratá, localizada no município de Pires do Rio - GO.  A viagem totalizou 340 kms e transcorreu num dia ensolarado e tranquilo, a natureza no local está exuberante - tanto pelo estado de preservação como também por estarmos na estação chuvosa.

Nós já havíamos estado lá no ano de 2012, naquela ocasião pudemos constatar o quanto o lugar é bonito e bem preservado, uma verdadeira jóia da Natureza.

Nossas motos e o carro formando o "grupo de transporte" para a cachoeira do Maratá. Manhã de 26/01/2014 em Bela Vista de Goiás - GO.

Praticantes de rapel na cachoeira do Maratá. Manhã do dia 26/01/2014.

Nossas motos e o carro formando o "grupo de transporte"  em Bela Vista de Goiás - GO.                                        Praticantes de rapel na cachoeira do Maratá, manhã de 26/01/2014.                                                                                                                

Nosso grupo no retorno a Goiânia - GO. Portaria do Autódromo Internacional de Goiânia (atualmente em reforma geral).

Nosso grupo no retorno a Goiânia - GO.  Portaria do Autódromo Internacional de Goiânia (atualmente em reforma).


Na ida o grupo foi formado por quatro casais em motos (Yamaha XTZ-X 250cc, Sundown STX Motard 200cc, Honda Shadow 600cc e Kawasaki Vulcan 900cc) e um casal no carro (Hyundai Santa Fé), na volta o amigo Renato em sua Honda NC 700X (que foi nos encontrar na cachoeira) uniu-se ao grupo para o retorno a Goiânia - GO.

Em Junho eu fui com os amigos Mauro e Marinho ao distrito de Olhos D'Água, localizado no município de Alexânia - GO, para a tradicional Feira do Troca.  Saímos cedo de Goiânia - GO no domingo (01/06/2014) e retornamos na tarde do mesmo dia.

Nosso grupo encontrou os trilheiros Fred e João Amelio (de Anápolis - GO). Estacionamento do restaurante Ficus.

Nosso grupo encontrou os trilheiros Fred e João Amélio (de Anápolis - GO).  Estacionamento do restaurante Ficus.

Flagrantes de meios de transporte e veículos interessantes: motos constrastando com mula e cavalo, e um veículo 100% nacional (Gurgel G15 completamente original).

Motos, mulas e cavalos na manhã de 01/06/2014.  Praça do distrito de Olhos D'Água, município de Alexânia - GO.

Belo exemplar de Gurgel G15 na Feira do Troca em Olhos D'Água, Alexânia - GO.

Motos, mulas e cavalos na manhã de 01/06/2014.  Praça do distrito de Olhos D'Água, município de Alexânia - GO.                     Belo exemplar de Gurgel G15 na Feira do Troca em Olhos D'Água, Alexânia - GO.                                                                        

Bicicleta customizada e Vespa M3.

Bicicleta customizada e Vespa M3.

No domingo - 15/06/2014 - fizemos um passeio de aproximadamente 400 km.  Saímos cedo de Goiânia - GO e fizemos um circuito por cidades do interior de Goiás, desfrutando de um belo dia ensolarado com estradas vazias (devido à Copa do Mundo) e bem conservadas.  Passamos por Goiatuba, Joviânia, Pontalina, Cromínia, Oloana, Aragoiânia e retornamos a Goiânia no final da tarde.



A Maravilha de Terra Ronca

Aproveitando o feriado de Corpus Christi (19/06/2014), que convenientemente coincidiu com uma quinta-feira resolvi realizar uma viagem para conhecer a região do Parque Estadual Terra Ronca, situado entre os municípios de Guarani de Goiás e São Domingos - GO.

Saí de Goiânia - GO na manhã do dia 19/06/2014 e por volta das 16:00 eu já estava alojado em um hotel em Posse - GO. Fiz uma viagem bastante tranquila até lá, desfrutando do dia ensolarado e de estradas relativamente vazias.  Percorri os 512 km entre as duas cidades, parando para almoçar com calma e sem nenhuma pressa de chegar logo ao meu primeiro destino.

Na manhã seguinte (20/06/2014) deixei Posse - GO em direção ao Parque Estadual Terra Ronca.   Percorri os 39 km de asfalto até Guarani de Goiás, e daí segui em estrada de terra.
    
Chegando à caverna Terra Ronca. Minha valente Sundown STX Motard sempre pronta para novas aventuras.

Chegando à caverna Terra Ronca. Minha valente Sundown STX Motard sempre pronta para novas aventuras.

O impacto causado quando se chega à caverna Terra Ronca é indescritível, e sua dimensão tem que ser avaliada com calma para que os nossos sentidos trabalhem da maneira correta; principalmente a nossa percepção visual de tamanho, profundidade e proporções.  Basta dizer que a parte superior de sua abóboda está a 90 metros de altura, equivalente portanto a um prédio de 30 andares.

A beleza do sertão goiano se faz visível em toda a extensão do Parque.  Rodei praticamente 60 km dentro do Parque - de portão a portão.

Clique na foto abaixo para vê-la em tamanho pleno (full size), repare que há pessoas no interior da caverna (aparecendo como pontos minúsculos no centro da foto).

Caverna Terra Ronca. Parque Estadual Terra Ronca (localizado entre os municípios de Guarani de Goiás e São Domingos - GO.

Caverna Terra Ronca. Parque Estadual Terra Ronca (localizado entre os municípios de Guarani de Goiás e São Domingos - GO.

O rio (da Lapa) que nasce nas profundezas da serra e brota na caverna Terra Ronca tem águas límpidas, e um bom volume de água.

Aqui eu apareço fazendo pose.  Feliz da vida e me sentindo realizado por conhecer este belo lugar.

Aqui eu apareço fazendo pose.  Feliz da vida e me sentindo realizado por conhecer este belo lugar.

Ao todo enfrentei 170 km de estradas de terra entre Guarani de Goiás e a estrada asfaltada já próximo a Campos Belos - GO (GO-118 que se sobrepõe à BR-010).  Em vários trechos desse percurso de 170 km em estradas de terra enfrentei vários tipos de piso (cascalho, cascalhão, bancos de areião, pedras afloradas, costelas-de-vaca, e trechos de puim - que vem a ser uma poeira fina feito talco, que encobre totalmente o solo abaixo dela dificultando um pouco o desempenho e a condução de uma moto com pneus street (o que era o meu caso).  Em alguns trechos da estrada o acúmulo de puim chega a 30 cm de altura sobre o solo.

Fotos da primeira parte da viagem a Terra Ronca.

Algumas fotos da primeira parte da viagem a Terra Ronca.

Mas o fato de eu ter andado de cinquentinha e outras motos de pequeno porte em estradas de terra nestes meus 44 Anos de Motociclismo me habilitaram para enfrentar mais este desafio.  Aliás, para mim, um desafio bastante agradável e motivador.

Fotos da segunda parte da viagem a Terra Ronca.

Fotos da segunda parte da viagem a Terra Ronca.

Eu dedico esta viagem/aventura ao meu grande amigo de infância, adolescência, e contemporâneo da Universidade de Brasília - UnB (na primeira metade da década de 1970) Fernando de Almeida França (In Memoriam).  Ele foi um grande incentivador deste meu site, e um apoiador incondicional destas minhas aventuras.




Mais um link com informações recentes sobre as cavernas:

 http://www.e3americas.com.br/index.php/15-terra-ronca-viagem-ao-centro-do-terra


Nesta viagem a Terra Ronca percorri um total de 1.374 km, e a minha Sundown STX Motard consumiu 42,23 litros de gasolina.  Isto resulta na excelente média de consumo de 32,54 km/litro.  Ao término da mesma o odômetro da minha moto marcava 54.025 km rodados (desde 02/05/2008).

O roteiro da viagem foi através do seguinte trajeto: Goiânia - Brasília - Posse - Guarani de Goiás - São Domingos - Divinópolis de Goiás - Campos Belos - Teresina de Goiás - Alto Paraíso - Brasília - Goiânia.



Brasília Moto Capital 2014


No dia 26/07/2014 fui a Brasília - D.F. fazendo um bate e volta com os amigos Mauro e Toninho especialmente para o evento anual Brasília Moto Capital 2014.

Vista geral do público e motos.  Brasília Moto Capital 2014 na manhã de 26/07/2014.

Vista geral do público e motos.  Brasília Moto Capital 2014 na manhã de 26/07/2014.

Como sempre o evento foi muito concorrido, com motos dos mais diversos cantos do Brasil.  Tudo muito organizado e se consolidando cada vez mais como um excelente ponto de encontro dos apaixonados por motos e pelo motociclismo, e também por outros veículos exóticos como estes abaixo.

Kart construído a partir de um motor 6 cilindros em linha.

Kart equipado com motor 4 cilindros.


Belo exemplo de habilidade mecânica: magnífico kart "exótico"
- potência de um 6 cilindros em linha.                    Belo exemplar de outro kart, este com motor 4 cilindros.                                          

Nós tivemos um dia muito agradável, encontramos vários amigos e tivemos oportunidade de colocarmos nossas motos na estrada novamente.


Eu e o amigo Mauro no restaurante/lanchonete temático Route 60, na tarde de 26/07/2014.

Eu e o amigo Mauro na lanchonete/restaurante temático Route 60, na tarde de 26/07/2014.



Rio Azuis (Aurora do Tocantins - TO)

Um dos menores rios do mundo

No período entre os dias 09 e 13 de Agosto de 2014 fiz uma viagem muito interessantel ao Estado do Tocantins, mais precisamente ao município de Aurora do Tocantins, para conhecer mais uma maravilha da Natureza - o rio Azuis.

Clique na foto abaixo para vê-la em tamanho pleno (full size).  Conhecer esta maravilha é um privilégio.

O poço natural do rio Azuis.  Fazendo jus ao nome temos todos os tons de azuis nas águas deste rio.

O poço natural do rio Azuis.  Fazendo jus ao nome temos todos os tons de azuis nas águas deste rio.

É o menor rio do Brasil, com seus 150 metros de extensão, o mesmo brota no sopé de um morro e deságua logo abaixo em outro rio (rio Sobrado).  É interessante observar que o seu volume d`água é constante, e permanece inalterado em todas as estações do ano.

Fotos da viagem estão disponíveis no link:

https://onedrive.live.com/?id=F4596AEAEF09CF68%211395&cid=F4596AEAEF09CF68&group=0

Esta foi uma viagem extremamente agradável e prazerosa: percorri estradas vazias e em bom estado de conservação - principalmente de Brasília - D.F. em direção a Campos Belos - GO inicialmente, e depois de Campos Belos - GO até Rio Azuis (situado após a cidade de Aurora do Tocantins - TO, no mesmo município); os dias viajados foram ensolarados e o clima mostrou-se ameno, mesmo considerando-se a época do ano (seca); a paisagem dos sertões goiano e tocantinense é muito bonita e torna a viagem mais cheia de atrativos.

Bela vista da GO-118 ao cair da tarde de 09/08/2014 nas proximidades de Monte Alegre de Goiás.

Vista parcial da Serra Geral no Estado do Tocantins no município de Aurora do Tocantins - TO.


Bela vista da GO-118 ao cair da tarde de 09/08/2014 nas proximidades de Monte Alegre de Goiás.
                   Vista parcial da Serra Geral no Estado do Tocantins - município de Aurora do Tocantins - TO.                                        

É importante mencionarmos que as paisagens goianas na Chapada dos Veadeiros, e os morros e serras entre Teresina de Goiás e Campos Belos - GO (passando por Monte Alegre de Goiás) são muito bonitas.  Merece destaque também o rio Paranã, principalmente onde o mesmo é cruzado pela rodovia GO-118.

Da mesma forma as paisagens tocantinenses, especialmente aquelas da Serra Geral - imponente e longilínea - insinuando-se entre campos e planícies sem fim nos brinda com visões magníficas.

O rio Azuis com suas águas límpidas e coloridas.

Outra visão da Serra Geral no Estado do Tocantins.


O rio Azuis com suas águas límpidas e coloridas.
                                                                          Outra visão da Serra Geral no Estado do Tocantins.                                          

Sinto-me atraído por esta Natureza pródiga, de locais preservados e relativamente pouco explorados, longe das multidões das grandes cidades. Tenho sido privilegiado por estar realizando todos estes roteiros interessantes em 2014.  Reprisando roteiros anteriormente trilhados, e desbravando novos destinos deste nosso Brasil interiorano.

Eu gosto muito de conhecer e observar a rotina dos habitantes das pequenas localidades interioranas, bem como da zona rural, onde a vida é mais simples e tranquila. O grupo de estudantes nas duas fotos abaixo, encontrava-se às margens da rodovia GO-118 no trecho entre Monte Alegre de Goiás e Teresina de Goiás.

Grupo de alunos às margens da rodovia GO-118, ao meio-dia de 12/08/2014.

Grupo de alunos da zona rural aguardando o ônibus que os levará para a escola em Monte Alegre de Goiás, meio-dia de 12/08/2014.


        Grupo de alunos às margens da rodovia GO-118, ao meio-dia de 12/08/2014.
                                                     Grupo de alunos aguardando o ônibus escolar que os levará a Monte Alegre de Goiás.     

                            
As crianças e adolescentes, acompanhados por um adulto, aguardavam o ônibus escolar que os levaria à escola em Monte Alegre de Goiás.  Os mesmos se protegiam do sol do meio-dia à sombra de uma árvore na beira da estrada.  Todos eles são oriundos das comunidades Kalunga existentes nesta região do Estado de Goiás.

No dia seguinte ao sair de Teresina de Goiás em direção a Alto Paraíso de Goiás me deparei com um ciclista que no dia anterior eu havia visto pedalando na rodovia GO-118, logo após Monte Alegre de Goiás.  Parei para conversar um pouco com o mesmo, e tirar esta foto logo abaixo.


Ciclista Felipe Fontes na manhã de 13/08/2014, proximidades de Teresina de Goiás.  Trecho de estrada em obras.

Ciclista Felipe Fontes na manhã de 13/08/2014, proximidades de Teresina de Goiás.  Trecho de estrada em obras.

O ciclista Felipe Fontes, de São Paulo - SP, está percorrendo o Brasil de bicicleta.  Maiores detalhes de sua aventura, que se estenderá a outros países, podem ser vistos no site: http://ciclomundo.com.br/


Apreciar o visual das várias regiões do país é um privilégio para qualquer viajante mais atento à beleza do interior brasileiro.  O Estado de Goiás é especialmente favorecido neste quesito: serras e rios, tudo isto fazendo parte da imponência do Planalto Central.

Clique na foto abaixo para vê-la em tamanho pleno (full size).  A beleza do sertão goiano em sua plenitude.

Magnífica vista do rio Paranã na tarde do dia 09/08/2014.

Magnífica vista do rio Paranã na tarde do dia 09/08/2014. Foto tirada da ponte sobre o rio Paranã na GO-118.

Nesta viagem eu fiz questão de manter uma marcha de viagem (velocidade cruzeiro) em torno dos 100 - 110 km/hora - aliás esta é a velocidade que normalmente mantenho em minhas viagens, com o contagiros cravado em torno da marca de 6.000 rpm (3.000 rpm abaixo da faixa vermelha).  Isto resultou em ótimo rendimento da moto e numa média de consumo em torno dos 30 km/litro de gasolina.

Fotos da viagem estão disponíveis no link:

https://onedrive.live.com/?id=F4596AEAEF09CF68%211395&cid=F4596AEAEF09CF68&group=0

Eu percorri 1.442 km de 09 a 13 de Agosto de 2014; minha moto utilizou 48,00 litros de gasolina, resultando numa média de 30,04 km/litro.b


22o Rally dos Sertões

Movimentação nos boxes - 23/08/2014


Mais uma vez Goiânia foi palco da largada do Rally dos Sertões; neste ano toda a estrutura de apoio foi montada no Autódromo Internacional de Goiânia.  A meu ver tornou-se este o local ideal para abrigar a imensa estrutura do Rally, ao tornar possível a utilização das áreas adjacentes aos boxes, torre de controle e enormes áreas de movimentação e estacionamento de veículos disponíveis no Autódromo.

Eu passei a manhã de sábado (23/08/2014) circulando pelo local, tirando fotos e apreciando as máquinas (caminhões, carros, motos e quadriciclos).

Moto do piloto português Paulo Gonçalves - Equipe Team Honda HRC (Honda CRF 450 Rally)

Paulo Gonçalves (Portugal) - campeão do Rally dos Sertões 2013 e atual campeão Mundial de Rally Cross Country da FIM - Equipe Team Honda HRC (Honda CRF 450 Rally) e eu.


            Moto do piloto português Paulo Gonçalves - Equipe Team Honda HRC (Honda CRF 450 Rally).                                                                  Paulo Gonçalves (Portugal) e eu.   

O destaque para mim na manhã do sábado - 23/08/2014 - foi ter encontrado o piloto Paulo Gonçalves (Portugal), campeão do Rally dos Sertões 2013, e atual campeão Mundial de Rally Cross Country da FIM - Equipe Team Honda HRC (Honda CRF 450 Rally) minutos antes da tomada de tempo para as motos.  E ter tido a chance de tirar esta foto com ele.

Na última semana de Agosto de 2014 eu realizei a troca de algumas peças da moto, as quais já estavam com sua vida útil vencida: os dois retentores da suspensão dianteira (invertida), a abraçadeira/guia da caneleira da bengala esquerda, o pinhão de 14 dentes que estava em uso desde Março de 2009 (utilizado durante aproximadamente cinco anos e meio, ou por outra conta ao longo de 50.000 km rodados).  Eu troquei também o deslizador de corrente.  Aproveitei ainda para trocar o soquete/fiação do terminal do farol e refazer/consertar alguns filamentos da placa de leds da lanterna traseira (luz de tráfego e freio).

Ao retornar da viagem ao rio Azuis descobri que a balança traseira estava quebrada do lado esquerdo; desta vez eu resolvi soldar a balança, que é de alumínio, fazendo um reforço na parte dianteira interna da mesma; diferentemente do ocorrido em Maio de 2010, quando na revisão de 20.000 km troquei a balança traseira devido ao mesmo defeito. Em 2010 a fábrica honrou a garantia e executou a troca sem custo algum para mim.

De qualquer modo tudo isto é perfeitamente normal e aceitável numa moto que já está com mais de 56.000 km rodados, os quais nem sempre em rodovias pavimentadas ou em bom estado.

Toda oportunidade que eu tenho de realizar um passeio de moto é aproveitada por mim.  Em 26 de Setembro, 2014 eu fiz um passeio com alguns amigos. Desta maneira tivemos um domingo agradável fazendo o que mais gostamos: andar de moto.


Vão de Almas (Território Kalunga - Teresina de Goiás - GO)


Desde a minha primeira viagem solo ao território dos Kalungas em 2009 eu tinha a intenção de voltar àquela região e conhecer novas localidades isoladas do sertão goiano. Assim retornei em 2010 com minha esposa Theresa à localidade de Engenho II.  A partir de então várias outras viagens se sucederam por diversas regiões brasileiras, mas definitivamente eu não parava de pensar numa nova aventura naquelas paragens.

Mapa da região dos Kalungas.

Fonte: http://horizontegeografico.com.br  

Finalmente no dia 11/10/2014 saí cedo de Goiânia - GO em direção a Teresina de Goiás, onde cheguei na tarde do mesmo dia, com o firme propósito de conhecer o Vão de Almas.  No dia seguinte fui explorar a região de Vão de Almas (ou Vão das Almas), e tirei boas fotos.

As fotos estão disponíveis no link:

https://onedrive.live.com/?id=F4596AEAEF09CF68%211678&cid=F4596AEAEF09CF68&group=0
 


Não me aprofundei como queria no território isolado e inóspito, servido por estrada de terra em bom estado de conservação e com trechos muito íngremes.  Logo nas primeiras subidas eu percebi que a embreagem da minha moto estava deslizando quando o motor era exigido em altas rotações.  Mesmo assim cheguei ao topo da serra, e a partir daí resolvi ser prudente e não prosseguir a viagem e descer a serra por vários quilômetros, já que todo este trecho seria de subida no meu retorno.

Clique na foto abaixo para vê-la em tamanho pleno (full size).  A beleza do sertão goiano em sua plenitude.

Magnífica vista das serra em território Kalunga, rumo a Vão das Almas.

A imponente serra em território Kalunga, rumo a Vão das Almas. Manhã de 12/10/2014.

Retornei então para Teresina de Goiás meio frustrado por não ter adentrado mais fundo no sertão de Vão das Almas.  Mas o retorno a esta região já está nos meus planos para o próximo ano (2015).

Retornei a Goiânia - GO no dia 14/10/2014; percorri ao todo nesta viagem 1.091 km.  A média de consumo de combustível observada neste percurso foi de 28,42 km/l Devo mencionar aqui que todo o percurso da viagem foi feito sob temperaturas muito altas, as quais estão prevalecendo no Estado de Goiás neste período do ano.

No dia 27/10/2014 troquei a embreagem da minha moto (com as respectivas juntas, óleo do motor e filtro de óleo).  O hodômetro marcava 58.275 km rodados até então.


Salto de Corumbá - (Corumbá de Goiás - GO)


Em 23 de Novembro de 2014, eu e o amigo Mauro Gomes fizemos um roteiro passando por Abadiânia Velha - GO, Corumbá de Goiás e Salto de Corumbá, retornando a Goiânia - GO no final da tarde do domingo; este nosso passeio foi bem interessante.

Passamos o dia no Salto de Corumbá (propriedade particular com estrutura completa voltada para o turismo de aventura), percorremos as várias trilhas e tiramos muitas fotos das várias cachoeiras e quedas d'água.  O local é muito bem cuidado e possui inúmeros atrativos naturais, oferecendo ainda atrações como descida de bóia, tiroleza, trilhas para caminhadas, tobogã, camping, pousada, restaurante, etc.

Algumas fotos desse passeio estão disponíveis no link:

https://onedrive.live.com/?id=F4596AEAEF09CF68%211779&cid=F4596AEAEF09CF68&group=0


O belo Salto de Corumbá na tarde de domingo, 23/11/2014.

O belo Salto de Corumbá na tarde de domingo, 23/11/2014.

Nossa viagem de retorno iniciou-se por volta das 15:30 hs, e viajamos debaixo de chuva de Corumbá de Goiás até Goiânia - GO.  Isso serviu para completar o nosso passeio com gosto de aventura, já que pegamos tempo firme o dia todo (de manhã cedo até bem próximo das 16:00 hs).

No próximo ano pretendo retornar ao local para desfrutar um pouco mais das inúmeras belezas do local.

Mas para finalizar o ano da maneira que eu mais gosto fiz um passeio de 280 km com um grupo de amigos.  Passamos um dia muito agradável percorrendo um trajeto bastante interessante.

O passeio foi organizado pelo amigo Mauro Gomes, grande incentivador do motociclismo goiano (principalmente do moto-turismo), o qual está sempre pronto e animado para pegar a estrada com sua moto.

Próxima página sobre a Sundown STX Motard